Facebook
Instagram

Matera

Não é por acaso que Matera foi escolhida como set de filmagem de diversos filmes de época, como por exemplo, A Paixão de Cristo, de Mel Gibson. Trata-se de uma das cidades mais antigas do mundo e seu território contém evidências de ocupação humana sem interrupção do período Paleolítico até os dias atuais. O Sassi di Matera é o núcleo urbano original, que se desenvolveu a partir das cavernas naturais esculpidas na rocha, sendo posteriormente moldadas em estruturas cada vez mais complexas. O complexo foi declarado Património Mundial  pela UNESCO em 1993. 

A arquitetura única do Sassi, composta por um complexo de cavernas, revela a capacidade humana de se adaptar perfeitamente ao ambiente natural, utilizando-se de recursos simples como a temperatura constante das áreas escavadas. A estrutura arquitetônica é composta por dois sistemas, um visível: criados a partir de camadas sucessivas de casas, palácios, igrejas, ruas e jardins; e o interior, oculto, composto por cisternas, naves, túneis e cavernas, além de sistemas de controle de água, essenciais para a vida e a riqueza da comunidade.

Os primeiros assentamentos humanos no território de Matera remontam ao Paleolítico e desenvolveu-se em cavernas naturais. Ao longo do tempo às cavernas naturais foram adicionados as escavadas pelo homem, que encontrou na rocha calcária friável uma possibilidade excepcional de assentamento protegida dos agentes naturais. Os complexos de cavernas formados no núcleo urbano original estão incorporados no interior de edifícios e prédios construídos acima do solo, a partir da Idade Média.  Durante este período a paisagem rochosa foi sistematicamente transformada com a construção de lugares espetaculares de adoração, incluindo a majestosa Catedral de Matera, a igreja de San Giovanni Battista, a Igreja de S. Domenico, a Igreja de Santa Maria della Valle Verde sobre a Via Ápia. A partir deste momento, toma forma um verdadeiro centro urbano inicialmente concentrado em torno da Catedral, que está localizada no topo da colina Civita (Civitas, cidades) que corta o Sassi: o Sasso Barisano voltada para o leste e Sasso Caveoso dirigida sul. 

A região hoje oferece  aos visitantes um grande complexo cultural, Do ponto de vista arquitetônico tem uma incrível variedade de itens que são estratificados no tempo, o complexo de cavernas escavado pelo homem, as igrejas de pedra, áreas de sepultamento, intercaladas com edifícios de todas as diferentes eras: a idade Média, Renascimento, Barroco até os tempos modernos. O visitante vai encontrar a continuidade em cavernas, tumbas, palácios, igrejas, bairros, escadas, varandas, jardins e pomares todos encaixados um no outro para formar um lugar único e mágico.  

Vá à Matera e se hospede em alguns dos hotéis que ficam no Sassi para ter uma experiencia inesquecível!

Sextantio Le Grotte Della Civita - oferece acomodações  na área de Sassi di Matera. Os quartos e suítes estão situados em cavernas grandes, e dispõem de piso de pedra e móveis de época. O terraço panorâmico oferece vista do Parque Nacional de Murgia.  

Suíte do hotel Sextantio Le Grotte Della Civita

Sant'Angelo Luxury Resort - consiste em 21 residências históricas, cada uma com um estilo diferente e uma decoração que combina a estrutura original com móveis modernos.

Suíte do hotel Sant'Angelo Luxury Resort 

Corte San Pietro - Localizado bem no centro de Matera, o Corte San Pietro está situado em um edifício histórico renovado. Os quartos são exclusivos e apresentam um estilo primitivo, porém elegante, com itens de madeira e pedras artesanais. Todas as acomodações têm vista para o pátio interno da propriedade, onde o café da manhã é servido no verão.

Suíte do hotel Corte San Pietro

Ver todas as postagens
Booking.com

CONTATO




Telefone: +55 65 99219 4444
E-mail: arqface.contato@gmail.com



Brasil

MMEB arquitetos

Matera

Não é por acaso que Matera foi escolhida como set de filmagem de diversos filmes de época, como por exemplo, A Paixão de Cristo, de Mel Gibson. Trata-se de uma das cidades mais antigas do mundo e seu território contém evidências de ocupação humana sem interrupção do período Paleolítico até os dias atuais. O Sassi di Matera é o núcleo urbano original, que se desenvolveu a partir das cavernas naturais esculpidas na rocha, sendo posteriormente moldadas em estruturas cada vez mais complexas. O complexo foi declarado Património Mundial  pela UNESCO em 1993. 

A arquitetura única do Sassi, composta por um complexo de cavernas, revela a capacidade humana de se adaptar perfeitamente ao ambiente natural, utilizando-se de recursos simples como a temperatura constante das áreas escavadas. A estrutura arquitetônica é composta por dois sistemas, um visível: criados a partir de camadas sucessivas de casas, palácios, igrejas, ruas e jardins; e o interior, oculto, composto por cisternas, naves, túneis e cavernas, além de sistemas de controle de água, essenciais para a vida e a riqueza da comunidade.

Os primeiros assentamentos humanos no território de Matera remontam ao Paleolítico e desenvolveu-se em cavernas naturais. Ao longo do tempo às cavernas naturais foram adicionados as escavadas pelo homem, que encontrou na rocha calcária friável uma possibilidade excepcional de assentamento protegida dos agentes naturais. Os complexos de cavernas formados no núcleo urbano original estão incorporados no interior de edifícios e prédios construídos acima do solo, a partir da Idade Média.  Durante este período a paisagem rochosa foi sistematicamente transformada com a construção de lugares espetaculares de adoração, incluindo a majestosa Catedral de Matera, a igreja de San Giovanni Battista, a Igreja de S. Domenico, a Igreja de Santa Maria della Valle Verde sobre a Via Ápia. A partir deste momento, toma forma um verdadeiro centro urbano inicialmente concentrado em torno da Catedral, que está localizada no topo da colina Civita (Civitas, cidades) que corta o Sassi: o Sasso Barisano voltada para o leste e Sasso Caveoso dirigida sul. 

A região hoje oferece  aos visitantes um grande complexo cultural, Do ponto de vista arquitetônico tem uma incrível variedade de itens que são estratificados no tempo, o complexo de cavernas escavado pelo homem, as igrejas de pedra, áreas de sepultamento, intercaladas com edifícios de todas as diferentes eras: a idade Média, Renascimento, Barroco até os tempos modernos. O visitante vai encontrar a continuidade em cavernas, tumbas, palácios, igrejas, bairros, escadas, varandas, jardins e pomares todos encaixados um no outro para formar um lugar único e mágico.  

Vá à Matera e se hospede em alguns dos hotéis que ficam no Sassi para ter uma experiencia inesquecível!

Sextantio Le Grotte Della Civita - oferece acomodações  na área de Sassi di Matera. Os quartos e suítes estão situados em cavernas grandes, e dispõem de piso de pedra e móveis de época. O terraço panorâmico oferece vista do Parque Nacional de Murgia.  

Suíte do hotel Sextantio Le Grotte Della Civita

Sant'Angelo Luxury Resort - consiste em 21 residências históricas, cada uma com um estilo diferente e uma decoração que combina a estrutura original com móveis modernos.

Suíte do hotel Sant'Angelo Luxury Resort 

Corte San Pietro - Localizado bem no centro de Matera, o Corte San Pietro está situado em um edifício histórico renovado. Os quartos são exclusivos e apresentam um estilo primitivo, porém elegante, com itens de madeira e pedras artesanais. Todas as acomodações têm vista para o pátio interno da propriedade, onde o café da manhã é servido no verão.

Suíte do hotel Corte San Pietro

Ver todas as postagens

CONTATO

Telefone: +55 65 99219 4444
E-mail: arqface.contato@gmail.com

Brasil

MMEB arquitetos
Facebook
Instagram
MMEB arquitetos